Um guia completo para iniciar um negócio de artesanato

negócio

Você é o tipo de pessoa que gosta de se envolver com o artesanato, mas quer levar isso para o próximo nível? Neste guia passo a passo, vamos ajudá-lo a iniciar um negócio de artesanato – e esperançosamente a ganhar a vida com isso.

A primeira coisa que você precisa saber antes de abrir um negócio de artesanato – ou qualquer outro negócio – é se você realmente é apaixonado pelo assunto. Se você gosta de sujar as mãos pintando, imprimindo, costurando (e já faz isso há algum tempo), talvez queira transformar esse hobby em um negócio e ganhar dinheiro.

A boa notícia é que existe um grande escopo no mercado de artesanato. E por causa da pandemia e do bloqueio frequente, muitas empresas de artesanato online estão crescendo! Você também pode tentar um negócio de artesanato como um trabalho paralelo ou em tempo integral: tudo depende de quanto esforço você deseja colocar.

Então, como você começa?

Compreenda o mercado, os concorrentes e o público

Conhecer a abrangência do mercado e os concorrentes existentes é uma etapa essencial para o sucesso em qualquer tipo de negócio. Com as compras online, você precisa ter uma boa noção dos concorrentes nas imediações e da comunidade global.

Faça uma pesquisa rápida (uma simples pesquisa no Google) para descobrir quais produtos idênticos estão sendo vendidos em sua cidade. Em seguida, faça uma pesquisa de fronteira e encontre varejistas e atacadistas (da Amazon ou eBay) que vendem produtos semelhantes. Faça uma lista de todos os itens preexistentes no mercado. Defina seu ponto de venda exclusivo.

Depois de ter uma ideia básica sobre o seu mercado, você também deve tentar entender os dados demográficos e psicográficos do seu público. Faça a si mesmo duas perguntas básicas: Quem são eles? E o que eles querem? Compreender seus pontos fracos, suas preferências e seu limite de orçamento também o ajudará a planejar melhor.

Identifique o que você vai vender

Agora que você fez sua pesquisa de mercado, é hora de identificar o que você vai vender. São peças de cerâmica, cestos de palha, tecido ou bugigangas de madeira? Certamente, é tentador tentar vários itens de artesanato disponíveis, mas você terá que escolher um nicho para começar.

Pergunte a si mesmo que tipo de produtos você pode fazer. Talvez você seja ótimo em tecelagem de cestos – mas digamos que já existam três lojas desse tipo em sua área. Como suas cestas vão se destacar? Talvez você esteja planejando usar palha de pinheiro e pêlos de animais, não apenas madeira e bambu? Use o Google Trends ou siga as contas do Instagram para ver o que é tendência e faça uma lista de coisas que você pode oferecer.

Algumas idéias de artesanato incluem:
➢ Cerâmica
➢ Cesta de tecelagem
➢ tapetes tibetanos
➢ Tatting (afiação de renda com diferentes padrões)
➢ Macramé (têxtil de tomada usando atar)
➢ Crochet (semelhante ao tricô)
➢ Tapestry
➢ Mandala desenhos
➢ Pashmina
➢ Khukri facas
➢ Trinkets

As opções são abundantes. Como você não pode vender todos os itens de uma vez, é aconselhável criar um plano adequado.

Elabore um Plano Básico de Negócios

Mesmo que você sempre possa vender itens de artesanato de seu estúdio, isso pode não dar resultados a longo prazo. Você precisa ter um plano de negócios básico antes de elaborá-lo. Esperançosamente, neste ponto, você entende o seu público e as demandas do mercado – e também sabe o que vai vender.

Tudo que você precisa é de um plano sólido!

Um plano de negócios é uma bússola para a sua empresa – não apenas fornece orientação, mas também evita que você descarrilhe. Com a visão, missão e objetivos da empresa em sua mente, forme um esboço preliminar, incluindo:
➢ Um forte potencial de marca
➢ Um resumo de negócios de alto nível
➢ Visão geral das demandas do mercado
➢ Suas linhas de produtos exclusivas
➢ Plano de marketing e vendas
➢ Ativos online para uso
➢ Gestão financeira

Se você ainda se sentir um pouco confuso quanto ao esboço, pode contratar um analista de negócios que executará todas as tarefas por um determinado valor.

Comece o Trabalho de Artesanato

Agora que você fez seus estudos preliminares, é hora de colocar sua criatividade em movimento!

Se for um negócio de pequena escala, você pode querer trabalhar sozinho em seu estúdio doméstico ao começar. Mas, à medida que a demanda do mercado aumenta, você terá que contratar uma equipe de artesãos entusiasmados e encontrar um escritório dedicado. Antes de começar a trabalhar, comunique claramente à equipe suas expectativas e os padrões da empresa. Dê a eles a liberdade de serem criativos e monitorar seu progresso.

Para treinar seus recursos humanos, você também pode criar planos de treinamento. Hoje em dia, sites como Skillshare ou CreativeBug ajudam você a aprender quase tudo (com uma taxa nominal, é claro!) Crie um cantinho aconchegante em seu espaço de escritório e use-o como um think tank – deixe as pessoas experimentarem novas ideias.

Venda seu artesanato para uma variedade de pontos de venda

Depois que os itens de artesanato estiverem prontos, é hora de vendê-los. A maneira como você vai vender suas coisas depende do tipo e da escala de seu negócio. Se você é a única pessoa que trabalha, pode facilmente vender os itens para lojas de varejo. Hoje em dia, as lojas de departamentos e supermercados também têm seções para itens de artesanato – tente abordá-los.

Outro ponto de venda são as lojas de remessa. Embora eles paguem apenas depois que suas coisas forem vendidas e fiquem com 20-30% do valor das vendas, você pode assinar um contrato de um ano com eles, então não precisa se preocupar em ir de uma loja de varejo para outra.

Porém, se o seu negócio está crescendo, você terá que contratar uma equipe de vendas. Eles então irão para os pontos de venda, como artesanato ou feiras de artesanato, para vender o artesanato. Seja qual for o método escolhido, a melhor maneira de atingir um público mais amplo é por meio do marketing digital (especialmente nas redes sociais).
Se você estiver vendendo online, deverá considerar o frete. O envio oportuno e confiável é muito importante, portanto, invista em uma empresa de remessa econômica como a FedEx ou a DHL.

Desenvolva sua presença e marca online

Sem uma presença online, nada realmente vende nesta era!

Para desenvolver a marca, você precisa de um nome de empresa atraente, um logotipo interessante, alguns slogans cativantes e fotos / vídeos de itens de artesanato de amostra. Mas ter um controle mais forte do mercado online exige mais do que branding.

Para começar, crie seu próprio site comercial, junto com contas de mídia social no Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, YouTube, etc. Aprender como tirar fotos e vídeos de alta qualidade também é crucial, pois seu marketing dependerá disso. Invista algum tempo e energia na redação também.
Esperamos que este artigo tenha ajudado você a aprender como iniciar um negócio de artesanato. Lembre-se de que começar um negócio parece uma ideia fácil e estimulante, mas para prosperar é preciso paciência e perseverança.

Com a combinação certa de estratégia de negócios e ferramentas de marketing, você está pronto para começar seu próprio negócio de artesanato!

EBook