Bird Island House por Localarchitecture



Em Lac Léman em Préverenges, Suíça, fica uma cabana recém-concluída conhecida como La Maison de l’Île aux Oiseaux – ou Bird Island House. O clube de ornitologia de Lausanne pediu à empresa suíça Localarchitecture que elaborasse a estrutura como uma parada de descanso para pássaros que voam da África para a tundra ártica no verão.

De acordo com a empresa, “a arquitetura da Bird Island House se inspira na elegância do mundo das aves”. Ao longo do exterior da cabana, tábuas dobradas e sem cola evocam a tensão e a delicadeza de um ninho, ao mesmo tempo que fornecem locais para os pássaros se abrigarem. No interior, vigas ogivais CLT suportam o telhado de zinco preto enquanto criam um design ornamentado no teto.

“Parado à beira do lago como um pássaro, o pavilhão é elevado acima do solo sobre delicados pés de metal de uma forma que faz referência à situação à beira do lago, água, tempo e viagens”, explica a equipe. O volume é embalado com detalhes em metal que ajudam a protegê-lo das condições climáticas adversas.

Uma grande rampa curva – que lembra a cauda de um pássaro – leva à entrada principal. Por dentro, a cabine é um ambiente minimalista e relaxante revestido de madeira de pinho claro que contrasta com a moldura externa mais escura.

Uma caixa no meio da cabine organiza com sutileza o espaço em duas seções distintas. “A planta do pavilhão é simples”, afirma a empresa. “A caixa funcional, como uma casa-dentro-de-uma-casa de madeira, contém uma pequena cozinha e banheiros. Está alinhada com a grande janela redonda e pode ser vista do exterior.” Exposições educativas ficam ao longo das longas prateleiras de madeira para despertar a curiosidade dos transeuntes e incentivá-los a aprender mais sobre o propósito do edifício.

“A Bird Island House tem como objetivo conscientizar o público e os alunos da região sobre questões relacionadas à proteção da natureza, ao clima e ao impacto das atividades humanas na perda de locais de parada para aves pernaltas migratórias”, afirma a empresa.

Janelas circulares de vários tamanhos pontilham a estrutura, referenciando o projeto de casas de pássaros típicas. “A grande janela redonda é uma característica que chama a atenção no passeio à beira do rio”, dizem os arquitetos. “Como uma câmera obscura ou uma caixa de nidificação, este ‘olho’ de vidro dá a este novo estabelecimento público uma identidade forte e uma presença atraente.”



Source link

EBook